Geral
Situação de Emergência em FW é reconhecida pelo Estado e União
Estimativa da Emater/RS-Ascar é que os prejuízos causados pela estiagem sejam de aproximadamente R$ 27,82 milhões
Por: Redação
Publicado em: quarta, 26 de maio de 2021 às 17:24h
Atualizado em: quarta, 26 de maio de 2021 às 17:35h

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério do Desenvolvimento Regional, e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul reconheceram a Situação de Emergência a qual Frederico Westphalen está passando devido à estiagem. O ato de homologação foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) em 13 de maio, enquanto que o governo federal publicou a Portaria nº 956 em 17 de maio, reconhecendo a Situação de Emergência.

Publicidade
Publicidade


De acordo com dados fornecidos pelas secretarias de Obras, Viação e Serviços Urbanos e Agricultura de Frederico Westphalen, são fornecidas mais de 100 cargas de água potável por mês, totalizando aproximadamente 1,34 milhão de litros de água por mês para famílias de diversas linhas do interior, como São José, Barra Grande, Lajeado Bonito, Brondani, Barra do Braga, 21 de Abril, São Roque, Alto Castelinho, Cerro do Leão e São Luís.


Conforme a Emater/RS-Ascar, de acordo com dados Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nos últimos oito meses, a precipitação foi de 723 milímetros de chuva, uma média de 90 milímetros por mês, muito abaixo da média histórica para o município, se transformando em uma das piores estiagens dos últimos 15 anos.

Em termos de perdas financeiras, a estimativa da Emater/RS-Ascar é que em Frederico Westphalen os prejuízos causados pela estiagem sejam de aproximadamente R$ 27,82 milhões ao somar as perdas no milho, no feijão, na soja e na bovinocultura de leite.
 

Fonte: Ascom FW