Publicidade
Covid-19
Mais de 14 milhões de brasileiros estão com segunda dose da vacina atrasada
O número de atrasos para a AstraZeneca é de 6.739.561; Coronavac, 4.800.920; e Pfizer, 2.557.296.
Por: Redação
Publicado em: sexta, 05 de novembro de 2021 às 09:40h
Atualizado em: sexta, 05 de novembro de 2021 às 09:55h

Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta que mais de 14 milhões de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra Covid-19 em atraso de mais de 15 dias. A informação foi divulgada na quinta-feira, 4, no segundo Boletim VigVac, produzido pela Fiocruz Bahia, com base em dados até 25 de outubro.
Os pesquisadores ressaltam que o número de pessoas com a dose em atraso de mais de 15 dias duplicou, entre 25 de setembro e 25 de outubro, saltando de cerca de 7 milhões para 14.097.777. Cerca de metade dos atrasados já deveria ter tomado a segunda dose há mais de 30 dias e 14% deles já perderam o prazo há mais de 90 dias.
Entre as vacinas utilizadas no Brasil, AstraZeneca, Coronavac e Pfizer requerem a aplicação da segunda dose para que a imunização seja considerada completa. O número de atrasos para a AstraZeneca é de 6.739.561; Coronavac, 4.800.920; e Pfizer, 2.557.296.
 

Publicidade
Publicidade
Fonte: Agência Brasil
Publicidade