Publicidade
Região
Erval Seco realiza projeto para recolhimento de frascarias e produtos veterinários
Foi realizada uma reunião com os representantes das agropecuárias do município
Por: Daiane Pereira
Publicado em: quinta, 26 de agosto de 2021 às 09:14h
Atualizado em: quinta, 26 de agosto de 2021 às 09:19h

A Secretaria da Agricultura de Erval Seco realizou, nas últimas semanas, uma reunião com os representantes das agropecuárias do município para tratar assuntos referentes ao recolhimento de frascarias da linha veterinária. O prefeito Leonir Koche levantou uma pauta sobre a criação de uma lei estabelecida no município, com o objetivo de responsabilizar as agropecuárias pelo destino correto das frascarias. A coleta das mesmas entra na política reversa, evidenciada na Lei Federal 12.305/2010 e Lei Municipal 2.428/2013.
Esse projeto tem intuito em defender e preservar o meio ambiente, a conscientização do comercio agropecuário junto ao produtor e auxiliar para controle de saúde pública, englobando seres humanos e animais. O custeio para destino de forma adequada dessas frascarias fica de total responsabilidade das agropecuárias. 
As coletas serão realizadas de forma bianual, e segundo a médica-veterinária Talia Milani, é importante que seja feita de forma correta a classificação dos resíduos na propriedade. “Adaptar galões em desuso e ir armazenando as frascarias”, explica Talia.

Publicidade
Publicidade

Classificação dos resíduos
Também haverá uma classificação para os resíduos serem acondicionados.
Resíduos químicos – frascarias de vidro, plásticos e vencidos, toda embalagem que na mesma contenha ou não restos de produtos químicos da linha veterinária, independente da sua apresentação de embalagem. 
Grupo A e E – luvas de palpação, luvas cirúrgicas, gases, equipos, agulhas, seringas e todo material que tenha vestígios de sangue animal.
 

Fonte: Jornal O Alto Uruguai