Geral
Prefeitos da Amzop aprovam Plano de Ação para combate à Covid-19
Medidas tomadas levam em conta a elevação nos números de pessoas contaminadas e também de internações nos hospitais
Por: Cíntia Henker
Publicado em: terça, 15 de junho de 2021 às 10:10h
Atualizado em: terça, 15 de junho de 2021 às 10:17h

Durante reunião virtual realizada na manhã de sexta-feira, 11, os prefeitos da Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) aprovaram o Plano de Ação com medidas a serem implementadas pelos gestores no combate ao coronavírus. 
O encontro foi conduzido pelo presidente da entidade e prefeito de São Pedro das Missões, Antônio Ferreira da Silva, e contou com a presença de membros da direção do Hospital Divina Providência (HDP) de Frederico Westphalen e Hospital de Caridade de Palmeira das Missões, que relataram a grave situação financeira das instituições, devido ao aumento do número de pessoas atendidas, resultando na lotação de leitos de UTI.
A diretora do HDP, Roselei Enderle, informou que o governo federal repassa R$ 93 mil para manter os serviços da UTI, enquanto que o custo mensal para manter a estrutura chega a R$ 600 mil. “Se não ocorrer aporte de recursos financeiros por parte dos governos municipal, estadual e federal não teremos como manter em funcionamento a UTI e as próprias atividades da casa de saúde”, afirma.
Além disso, representando o Comitê Regional Covid-19, o assessor jurídico da prefeitura de FW, Jonathan Carvalho, relatou as ações realizada para combater o avanço da pandemia. Segundo ele, haverá novamente fiscalizações e campanhas a fim de controlar o número de casos. 
Todas as medidas tomadas levam em conta a elevação nos números de pessoas contaminadas e também de internações nos hospitais.
Por fim, o presidente da Amzop ressaltou que cabe aos municípios tomar medidas mais restritivas, dentro da sua realidade, em relação aos casos de Covid-19. “A associação estará apoiando os municípios até quando for necessário tomar medidas mais enérgicas e restritivas, a fim de controlar a pandemia”, destaca.
Os prefeitos aprovaram o Plano de Ação com medidas a serem implementadas no combate ao coronavírus e deverão adequar protocolos, conforme a realidade de cada cidade. 

Publicidade
Publicidade
Fonte: Amzop