Geral
Coronavírus: quase 30 mil pessoas receberam a segunda dose na região
Para confirmar projeção do Estado, municípios terão de vacinar 20 mil pessoas por mês na área das coordenadorias de Palmeira das Missões e FW
Por: João Victor Gobbi Cassol
Publicado em: sábado, 12 de junho de 2021 às 08:11h
Atualizado em: sábado, 12 de junho de 2021 às 08:43h

Após um mês de maio com o ritmo da vacinação considerado lento pelos gestores da saúde, a divulgação de calendários de vacinas, como ocorreu no Rio Grande do Sul na última semana, projetando distribuir as duas doses para toda a população acima de 18 anos até o fim do ano, a velocidade com que estão sendo aplicados os imunizantes promete se acelerar.

Ainda assim, a região terá um grande desafio pela frente. Até a quinta-feira, 10, cerca de 26,3 mil pessoas haviam recebido a segunda dose das vacinas contra a Covid-19, número que representa aproximadamente 16% da população regional, apontam os dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Isso significa que ainda falta imunizar completamente quase 139 mil pessoas nos 22 municípios da área de abrangência do AU. 

Para cumprir a projeção estipulada pelo governador Eduardo Leite (PSDB), de vacinar toda a população acima de 18 anos com a segunda dose até o fim do ano, os municípios terão de imunizar cerca de 20 mil cidadãos mensalmente, nos sete meses entre junho e dezembro.
    
Reforço na “maratona” da vacinação
O principal empecilho para que a campanha realmente se torne massiva é a falta de vacinas, o que inclusive gerou atrasos na aplicação das doses de reforço, por exemplo. No entanto, de agora até o fim do ano, a tendência é que os municípios sejam abastecidos com mais regularidade e com maior quantidade de doses, já que esse é o período em que está prevista a chegada dos maiores lotes de vacinas, como os da Pfizer.

Os primeiros sinais dessa aceleração foram confirmados pelo Estado na quinta-feira, 10, quando foi anunciada a previsão de entrega de 537 mil doses para todos os municípios gaúchos até o fim da semana que vem. Elas foram produzidas pela Pfizer, Janssen e AstraZeneca.

Parte desse total já foi enviado para a região ainda na sexta-feira, 11, com exceção das doses da Janssen, que devem ser entregues na próxima semana, mas não têm dia definido. Ao todo, a distribuição desses lotes das três farmacêuticas resultará em 7.640 doses para a região. Além disso, ainda na sexta-feira, 11, o Estado distribuiu outras 760 doses para as Coordenadorias Regionais de Saúde de Palmeira das Missões e Frederico Westphalen, exclusivas para aplicação do reforço.

Conteúdo restrito a assinantes