Publicidade
RS
Estado convoca idosos e professores para se vacinar contra a gripe
A meta de vacinação da campanha é atingir 90% dos grupos prioritários das crianças, gestantes, puérperas, idosos, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde
Por: Cíntia Henker
Publicado em: quarta, 12 de maio de 2021 às 14:10h
Atualizado em: quarta, 12 de maio de 2021 às 14:16h

Idosos e professores já podem se vacinar contra a gripe nos postos de saúde e salas de vacinas do Rio Grande do Sul. A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou na terça-feira, 11, abrangendo 2,2 milhões de pessoas desses dois grupos prioritários no Estado. As pessoas do grupo da primeira fase – crianças entre 6 meses e menores de 6 anos, gestantes e puérperas, trabalhadores da saúde e povos indígenas – que ainda não se vacinaram poderão buscar a imunização.

Publicidade
Publicidade

 

A meta de vacinação da campanha é atingir 90% dos grupos prioritários das crianças, gestantes, puérperas, idosos, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde. Até a manhã desta quarta-feira, 12, no Estado, foram aplicadas 540.819 doses da vacina contra a gripe, o que representa 10,8% da população-alvo, índice um pouco maior que a média nacional (9,9%). A campanha seguirá até 9 de julho.

 

Cronograma e grupos prioritários

 

 

2ª etapa: 11 de maio a 8 de junho

• Pessoas acima dos 60 anos – 2.143.707

• Professores – 141.254

 

3ª etapa: 9 de junho a 9 de julho

• Pessoas com comorbidades – 777.224

• Pessoas com deficiência permanente – 399.436

• Caminhoneiros – 111.289

• Trabalhadores de transporte coletivo – 42.831

• Trabalhadores portuários – 4.051

• Forças de segurança e salvamento – 31.489

• Forças Armadas – 38.899

• Funcionários do sistema prisional – 4.881

• População privada de liberdade – 40.099

Fonte: Governo do Rio Grande do Sul