Publicidade
Agricultura
Feira Regional das Agroindústrias Familiares movimenta municípios da região
Promovida pela Amzop, exposição conta com programação diversificada, desde seminários de estratégias de venda a capacitações no segmento rural
Por: Nícolas Rahmeier
Publicado em: segunda, 06 de dezembro de 2021 às 18:03h

A primeira edição da Feira Regional das Agroindústrias Familiares, promovida pela Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) está movimentando municípios de toda a região. Ao todo, agroindústrias de cerca de 20 cidades já confirmaram participação na exposição, que irá ocorrer entre os dias 10 e 12 deste mês, em Frederico Westphalen, em frente à Catedral Santo Antônio. 
Segundo o presidente da Amzop, Antonio Ferreira da Silva, a feira ocorre diante de um cenário de impulsionamento das agroindústrias na região e serve também como uma grande vitrine para os produtores divulgarem seus produtos. “Temos um grande potencial, que são as agroindústrias, com produtos diversificados e que movimentam toda a economia regional, empregando uma série de pessoas e, diante disso, precisamos valorizar e divulgar todo esse ambiente”, pontua Silva.
O gerente da regional da Emater/RS-Ascar em Frederico Westphalen, Luciano Schwerz, destaca dois eventos que compõem a programação, que será de grande importância para os agricultores. “Teremos dois seminários que a Emater estará diretamente envolvida. Um deles é o seminário de potenciais compradores do mercado institucional, seminário que é organizado todos os anos pela unidade de cooperativismo, que reúne compradores de produtos da agricultura familiar, em especial para os mercados institucionais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e outros meios que compram diretamente do segmento rural familiar. Serão apresentados para representantes desses programas a importância do tema na região e os potenciais avanços na compra de produtos das agroindústrias familiares frente às demandas existentes”, pontua Schwerz.
Ainda, conforme o gerente regional, haverá o seminário SIM/Susaf, com as atualizações e informações sobre este processo, que tem como objetivo reunir os técnicos extensionistas da Emater, os profissionais responsáveis pelo sistema de inspeção municipal relacionado com a questão sanitária, além de representantes da administração municipal envolvidos com o segmento de inspeção animal para se atualizar sobre o atual funcionamento do Susaf, programa que permite que as agroindústrias municipais possam continuar comercializando seus produtos de origem animal para todo o Estado. 
O gerente regional pontua, ainda, que diversos representantes estaduais estarão presentes nos seminários, como o presidente da Emater/RS-Ascar, Edmilson Pelizari, além de representantes da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural e demais autoridades do setor. 
Além da questão da exposição dos produtos alimentícios das agroindústrias familiares, o artesanato rural também será fomentado na feira. De acordo com Schwerz, cerca de 17 municípios da região confirmaram participação no evento. 

Publicidade
Publicidade



Programação completa da feira:
Sexta-feira – 10/12
•    14 horas: Abertura da 1ª Feira Regional das Agroindústrias Familiares.
•    15 horas: Seminário com potenciais compradores para o mercado institucional.
•    15 horas: Assembleia Geral da Amzop.
•    15 horas: Encontro das primeiras-damas da Amzop.
•    18 horas: Abertura oficial da 1ª Feira Regional das Agroindústrias Familiares.     
•    21 horas: Fechamento da exposição.
•    21 horas: Show Frederico em Luz – Sexteto de papais-noéis.
Sábado – 11/12
•    9 horas: Abertura da feira.
•    10 horas: Seminário SIM/Susaf – Alterações e Inovações.
•    16 horas: Show artístico de humor com Albino Wallsmaia.
•    21 horas: Fechamento da exposição.
•    21 horas: Show Frederico em Luz – Centro Cultural 25 de Julho (etnia alemã).
Domingo – 12/12
•    9 horas: Abertura da feira.
•    9h30min: Mateada da Integração.
•    17 horas: Encerramento da 1ª Feira Regional das Agroindústrias Familiares.
 

Fonte: Jornal O Alto Uruguai