Regulamentação
Audiência pública debate utilização das praças da URI e Corsan
Proibição de estacionamento no entorno e delimitação de horário para permanência nos locais foram apontados como possíveis soluções
Por: Douglas Cavalini
Publicado em: sexta, 01 de outubro de 2021 às 18:09h
Atualizado em: sexta, 01 de outubro de 2021 às 18:13h

O poder público municipal, Ministério Público, Brigada Militar e um grupo de moradores estiveram reunidos para uma audiência pública nesta sexta-feira, 1º, para tentar solucionar os problemas provenientes da utilização das praças da URI e da Corsan durante os fins de semana. 

Publicidade
Publicidade


Segundo o relato dos moradores dos entornos, barulho alto, sujeira e atos obscenos tem tornado difícil o sossego das famílias, as quais, inclusive, tem buscado outros locais para o descanso. Segundo o Promotor de Justiça de Frederico Westphalen, João Pedro Togni, a situação atual “macula a imagem do município” e que “é necessário dar uma resposta para a comunidade”, citou.


Como soluções para a situação, o poder público se comprometeu em apresentar já na próxima semana proposições que alteram a legislação municipal quanto ao uso destes espaços, do estacionamento no entorno e, para um futuro próximo, a venda de bebidas alcoólicas depois de determinados horários.

Assim, como propostas, ficou definido que o estacionamento nos arredores das praças da URI e da Corsan deverá ficar vetado aos fins de semana em horários ainda a serem estipulados. A permanência de público nesses locais também ficará vedada depois de determinado horário.

Fonte: Jornal O Alto Uruguai