Publicidade
Safra
Milho volta a ocupar lugar de destaque na produção de grãos de verão
A Emater/RS estima o aumento de 3,41% da área cultivada e de 1,69% da produção dos grãos de verão na safra 2021/2022
Por: Joana Kraemer
Publicado em: quinta, 09 de setembro de 2021 às 14:23h
Atualizado em: quinta, 09 de setembro de 2021 às 14:26h

A produção de milho deve aumentar, no Rio Grande d Sul, em cerca de 40%, segundo a expectativa dos grãos para a safra de verão 2021/2022 apresentada pela Emater/RS na manhã desta quinta-feira, 9, no parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A secretária da Agricultura, Silvana Covatti, atribui o resultado ao trabalho conjunto entre produtor e tecnologia e à consequente valorização do produto. “De deficitários na produção de milho agora comemoramos um aumento de 6,8% na área plantada e de 39,23% de acréscimo de produção”, destaca.

Publicidade
Publicidade

Esses aspectos, para a secretária, reforçam a importância do milho para o Estado e o acerto do governo gaúcho no compromisso assumido em 2019, com o programa Pró Milho, para mudar a realidade da produção do grão no Rio Grande do Sul. “Estamos falando no principal componente da ração animal”, enfatizou ela.

O diretor-técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, destaca que o aumento da produção ganha mais impacto ainda pelo fato de a cultura do milho ter sido a mais castigada pela estiagem na safra passada, com uma estimativa inicial de produção de 6,11 milhões de toneladas do grão, ou seja, um incremento de 4,39 milhões de toneladas em relação à safra passada. A área cultivada de 834 mil hectares, aumentou 6,89% se comparada aos 780 mil hectares do ano passado. E a produtividade estimada para este ano é de 7,3 ton/ha, aumento de 29,59% se comparada à colheita anterior (5,6 ton/ha).

De acordo com a Emater, com estabilidade na área cultivada, sendo 360,03 mil hectares contra os 360,15 do ano passado, a produção de milho silagem também deve registrar um aumento de 30,06% da produção (13,25 milhões de toneladas) e de 29,93% na produtividade (36,8 ton/ha), comparada aos 10,1 milhões de toneladas e 28,32 ton/ha do ano anterior).

 

Principais grãos de verão devem somar 33,6 milhões de toneladas

A Emater/RS estima o aumento de 3,41% da área cultivada e de 1,69% da produção dos principais grãos de verão na Safra 2021/2022 na produção quando comparada com o ano anterior (7,8 milhões de hectares e 33,1 milhões de toneladas de grãos). De acordo com o estudo, serão produzidas 33,6 milhões de toneladas de milho, soja, arroz e feijão em 8,1 milhões de hectares no Estado. O que representa um aumento na área e 1,69%.

O diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, afirma que as informações têm credibilidade em função da dimensão da amostragem em todo o Estado. “É importante destacar que essa estimativa inicial é baseada na tendência apresentada pelas produtividades médias municipais registradas ao longo dos últimos 10 anos”, detalha.

Fonte: Jornal O Alto Uruguai, com informações Jornal do Comércio