Publicidade
América Latina
Constituído comitê de crise para prevenção de peste suína africana
Uma das iniciativas é a campanha interpaíses de conscientização
Por: Suseli Cristo
Publicado em: quarta, 11 de agosto de 2021 às 13:53h
Atualizado em: quarta, 11 de agosto de 2021 às 14:03h

De forma virtual, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e outras 21 organizações nacionais de 18 países da América Latina realizaram nesta terça-feira, 10, a instalação de um comitê continental para debater estratégias de prevenção à peste suína africana na região.
O Comité de Crisis PPA LatAm (Peste Porcina Africana, em espanhol) fez um levantamento de ações regionais e estabeleceu um trabalho em colaboração para o fortalecimento da defesa sanitária no continente, no âmbito privado.
Uma das iniciativas foi o estabelecimento de uma campanha interpaíses de conscientização das comunidades e intrassetoriais sobre a importância dos cuidados preventivos nas diversas esferas. Denominada “TodosContraLaPPA”, a campanha será lançada em breve com ações junto aos produtores, sociedade e líderes governamentais das diversas esferas das nações envolvidas.
A ação ocorre após situação enfrentada pela República Dominicana, que recentemente registrou focos da enfermidade nos diversos plantéis da ilha.

Publicidade
Publicidade

– A ação reforça o trabalho que já está em curso no Brasil, em uma articulação ampla para evitar que a situação alcance a parte continental das Américas. Empregos e a garantia de fornecimento de alimentos estão em jogo, em um momento em que a oferta de alimentos é estratégica para as nações. Unificando esforços, seremos mais efetivos para monitorar problemas e riscos, e contribuir para rápidas soluções bilaterais ou em bloco – avalia Ricardo Santin, presidente da ABPA.

Fonte: Jornal O Alto Uruguai, com informações da ABPA