PUBLICIDADE
9 - coronavírus
Chegando aos 50, e agora?   
Chegando aos 50, e agora?  

Vamos aprender a amadurecer juntos?

Por seis meses – de setembro a fevereiro – estarei falando sobre o corpo e a mente da mulher a partir dos 50. Voilá!

Por Lana Campanella

Como retardar o tempo com harmonia e sabedoria

Chega a hora de investigar sobre os inúmeros procedimentos disponíveis no mercado – invasivos ou não – e escolher o que melhor se adequa ao nosso caso e ao nosso bolso

Publicado em 24/01/2020, última alteração em: 24/01/2020 21:26


 

Os sinais do tempo e rugas de expressão nos mostram que o tempo passou e nos cabe aceitar a imagem refletida no espelho ou tomar medidas para retardar o inevitável envelhecimento. Daí, chega a hora de investigar sobre os inúmeros procedimentos disponíveis no mercado – invasivos ou não – e escolher o que melhor se adequa ao nosso caso e ao nosso bolso.

Segundo a mitologia greco-romana, existia uma fonte da juventude traduzida em um rio que saía do Monte Olimpo rumo à Terra e que prometia imortalidade a quem bebesse de sua água. A busca pela juventude eterna edificou a lenda ao longo dos séculos fazendo com que muitas civilizações fizessem verdadeiras cruzadas a procura do milagre sem sucesso. O contraponto é a narrativa sobre a Sibila de Cumas que um dia pediu ao deus Apolo que gostaria de viver tantos anos quantos fossem os grãos de areia que estavam em sua mão, mas... esqueceu de pedir a juventude, de modo que foi consumida pela idade ficando decrépita e doente, vivendo nove vidas humanas e desejando a morte que nunca vinha. São recontos antigos, mas que nos ajudam a refletir e a ponderar até onde devemos avançar na busca incessante pela juventude. Exageros nunca deram bons resultados e, apesar de todo aparato estético e cirúrgico que temos a disposição para retardar o tempo, é preciso aceitar a beleza de cada fase e se deixar envelhecer sem lutar, sem se torturar e sem desejar ter um corpo de 20, 30 anos quando já se está maduro. Retocar a idade é uma coisa, se fantasiar de jovem é outra! Nosso estilo de vida influi diretamente nas alterações que afetam nossa pele e nosso corpo sendo os grandes vilões para um “envelhecimento precoce”: a exposição excessiva ao sol, o cigarro e outros vícios, o sedentarismo e uma alimentação não balanceada. Seguir algumas rotinas como forma de priorizar a saúde corroboram para manter uma pele saudável e jovial:

  •          Ingerir bastante líquido – A água é a verdadeira fonte da juventude já que a hidratação preveni o surgimento de descamações, flacidez e manchas na derme. A recomendação é de ingerir no mínimo oito copos de água por dia, evitando refrigerantes e outras bebidas industrializadas.
  •          Alimentação balanceada – Nossa alimentação reflete diretamente em nosso físico podendo acelerar o processo de envelhecimento caso sigamos uma dieta rica em alimentos gordurosos (frituras e processados) e açúcar. Igualmente nocivo é seguir dietas por conta própria sendo indicado a procura por um nutricionista para uma avaliação e prescrição de uma dieta personalizada.
  •          Uso diário do filtro solar – A exposição excessiva ao sol é responsável por romper as fibras de colágeno e elastina que mantêm a pele firme causando rugas e envelhecimento precoce. Assim, é imprescindível o uso do filtro solar (inclusive em dias nublados e no inverno) a fim de se proteger dos efeitos de radiação UVA e UVB, pois a pele depois dos 40 anos está mais sensível e suscetível a machas e até câncer de pele.
  •          Retirar a maquiagem antes de dormir – Preguiça não combina com cuidados com a pele. Portanto, nunca durma sem antes retirar a maquiagem, sendo indicado o uso de tônicos ou demaquilantes.
  •          Limpeza de pele mensal – Promove a desobstrução dos poros e a renovação da pele retirando a camada com manchas, acne, oleosidade e células envelhecidas.

 

 

Cirurgia Plástica ou Tratamentos não-invasivos?

Procedimentos não-cirúrgicos

Toxina Botulínica

Ácido Hialurônico

Silhouette

Depilação a Laser

Fisioterapia Dermatofuncional

 

  •          Peelings - Recomendado para pessoas que sofrem com a pele oleosa e acneica, o peeling superficial também é indicado para quem tem mais de 40 anos, pois servem para retirar manchas. "Também recomendo peelings médios e profundos para estimular a produção do colágeno, essencial ao rejuvenescimento", diz o dermatologista Mario Chaves.
  •          Laser e luz pulsada - Os dois tratamentos são muito indicados nesta faixa etária, pois a mulher já acumula muitos sinais dos danos causados pelo sol. A luz pulsada, além de dar viço e luminosidade, estimula a produção de colágeno e melhora a textura da pele. "O tratamento também retira manchas e vasos sanguíneos visíveis na face e suaviza as olheiras", afirma o dermatologista Mario. "Já o laser é excelente para o rejuvenescimento facial e o tratamento de rugas, cicatrizes de acne, cicatrizes cirúrgicas e estrias”.
  •          Silhouette (Rejuvenescimento Facial) - Um procedimento minimamente invasivo e não cirúrgico, que redefine os contornos do rosto, recupera os volumes, reduz a flacidez e as rugas. É indicado para os pacientes acima dos 30 anos que queiram combater os sinais de envelhecimento sem recorrer à cirurgia.

 

Procedimentos cirúrgicos

– Ritidoplastia (Lifting Facial) - Procedimento cirúrgico ideal para quem quer melhorar os sinais do envelhecimento no rosto e pescoço.

– Blefaroplastia (Cirurgia das Pálpebras) - O procedimento melhora a aparência das pálpebras superiores, inferiores ou de ambas. Proporciona um aspecto rejuvenescido na área ao redor dos olhos, proporcionando brilho ao olhar e um aspecto mais descansado.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel