Embarque imediato com Daiane Schröder
Embarque imediato com Daiane Schröder

Daiane Schröder
Natural de São Sepé, reside em Frederico Westphalen desde 2017. Produz conteúdo sobre experiências de viagens e turismo pelo mundo.
Bacharela em Direito, graduanda em Relações Públicas e pós-graduanda em Influência Digital.
Contato: daianeschroder@yahoo.com.br

De volta aos aplicativos de viagem, segue abaixo a nossa terceira parte da lista:

 

MAPAS E MOBILIDADE

 

Moovit – Já me ajudou várias vezes em que cheguei a uma parada de ônibus e não fazia ideia de qual veículo pegar, quais os horários e paradas. Ele combina informações de operadoras e autoridades de transporte público com informações ao vivo da comunidade de usuários, integrando também outras formas de transportes, como serviços locais de bicicletas, compartilhamento de carros, entre outros.

 

Rome2Rio – Adoro esse site! Ajuda a chegar em qualquer lugar. Ao colocar para onde quer ir, mostra várias alternativas para fazer aquela rota e fornece tempo e média de gastos para ir!

 

Buser – oferece passagens de ônibus com valores abaixo do praticado pelas viações, através do método de fretamento coletivo. Eles contratam ônibus fretados e reúnem o maior número de pessoas interessadas em um trajeto, para ratear os custos, Quando há um número mínimo de passageiros pagantes, a viagem é confirmada. O serviço é novo e já está sendo chamado de “uber dos ônibus” e assim como seu “colega”, está gerando incômodo na concorrência e a ANTT (agência que fiscaliza as empresas de ônibus) já está em alerta.

 

Blablacar – Nunca utilizei, mas percebo que é bem requisitado. Analisando o perfil de quem busca e de quem oferece a carona, bem como a avaliação de outros usuários, é possível averiguar se a outra pessoa oferece segurança. Há, dentro do aplicativo, a funcionalidade “Só Para Elas” que permite aos membros organizarem uma viagem exclusivamente entre mulheres. 

 

CittyMapper – Especialmente na Europa, o aplicativo foi indispensável (mas está disponível em algumas cidades brasileiras). Ele entrega as opções e orienta se o melhor é ir de metrô, ônibus, táxi ou caminhando. Acrescenta o tempo de deslocamento, custo, itinerário e atualiza os horários do transporte público. 

 

Here We Go – uso o aplicativo há muitos anos e sempre que viajo, faço download do mapa da cidade para usar off-line (sem conexão de internet) e não me perder pelas ruas! 

 

Google Maps – Com o mesmo objetivo do aplicativo anterior. O fato de mostrar locais do nosso interesse, como cafés, bancos farmácias, é fundamental. Recentemente, o Maps importou do Waze, a ferramenta de alertas de limite de velocidade, avisos de radar e de acidentes. Também, anunciou o recurso que ajuda o usuário durante desastres naturais. Em casos de enchentes, furacões ou terremotos o usuário é notificado e será informado de como proceder e permanecer seguro, apresentando as zonas de perigo.

 

RentCars – pesquisa e compara os preços de locadoras de carro no Brasil e no mundo. 

 

Compartilhamento de carros: em expansão pelo Brasil, os aplicativos conectam quem possui um carro a quem precisa. Podem ser usados tanto por locadoras, frotas, usuários que disponibilizam seus carros e condutores que desejam locá-los. Em outros países, podemos citar o Turo e o GetAround . No Brasil, o Turbi, o Zazcar e o Moobie. A exemplo deste último, o dono do veículo cadastra o carro na plataforma, informa o valor da diária pelo aluguel, aguarda a validação no Detran e no Denatran e a verificação se o carro atende os requisitos.

 

Outros aplicativos: Uber, 99, Garupa, Lift, ou verificar a região em que está, quais funcionam.

 

 

ACESSIBILIDADE

 

Be My Eyes - é um aplicativo para pessoas cegas ou com pouca visão que recebem ajuda remota através de uma conexão de vídeo ao vivo. O usuário cego solicita a ajuda de usuários com visão e realizada a conexão, ele aponta seu telefone para algo com a câmera frontal e o voluntário empresta seus olhos para resolver as tarefas, distinguir cores, ler instruções, guiar o outro naquele momento.

 

Guia de Rodas – uma plataforma colaborativa que avalia a acessibilidade dos locais. Qualquer usuário, com dificuldade de locomoção ou não, pode fazer avaliações e contribuir com informações como: se há rampas de acesso, alturas das mesas nos restaurantes, banheiros adaptados. Esses dados vão ajudar não só cadeirantes, mas idosos, pais com bebês em carrinhos. Eles também possuem um processo de certificação, em que arquitetos especializados verificam as condições do local, se preenchem os critérios de acessibilidades (inclusive as normas vigentes no país) e entregam a Certificação Guiaderodas. O aplicativo já recebeu vários prêmios, entre eles o de "Melhor iniciativa digital para inclusão do mundo”, no evento World Summit Awards, organizado pela ONU. 

 

Hand Talk – o aplicativo brasileiro recebeu o prêmio Desafio Google de Impacto em Inteligência Artificial e se destaca na tradução de textos e áudios do smartphone para a língua brasileira de sinais (libras) e torna acessível os sites para a comunidade surda. A plataforma apresenta, ainda, o Hugo, um intérprete virtual em 3D para tornar a comunicação mais interativa e de fácil compreensão.

 

Explore sem medo os aplicativos e descubra suas funcionalidades!

Qualquer dúvida, estou aqui!

 

Me encontre: 

No facebook: https://www.facebook.com/auembarqueimediato/

No instagram: https://instagram.com/daianeschroder/

Ou envie um e-mail para daianeschroder@yahoo.com.br

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica