Embarque imediato com Daiane Schröder
Embarque imediato com Daiane Schröder

Daiane Schröder
Natural de São Sepé, reside em Frederico Westphalen desde 2017. Produz conteúdo sobre experiências de viagens e turismo pelo mundo.
Bacharela em Direito, graduanda em Relações Públicas e pós-graduanda em Influência Digital.
Contato: [email protected]

Olá!! Que bom ver você aqui!

Quando pensei no dia das crianças, logo me veio aquela foto da capa: era um dia lindo no Parque Barigüi, em Curitiba, quando percebi um casal chegando com algumas crianças bem pequenas e acomodando-se para um piquenique (provavelmente eram de alguma escolinha). Aproveitando essa data, listei algumas dicas bem práticas pra você viajar com seu filho:

No avião:

  • Marque o assento da janela, evitando que alguma bagagem caia sobre a criança ao ser aberto o compartimento;
  • Algumas companhias aéreas possuem berços especiais para crianças com até 2 anos. No Brasil, a latam oferece para crianças que pesam até 10kg e medem menos de 71 cm. É necessário reservar um assento preferencial para isso, e a solicitação pode ser feita pelo contact center, com antecedência mínima de 48h do voo. 
  • Na hora da decolagem e do pouso, amamente ou dê a mamadeira ou chupeta – isso evitará a dor nos ouvidos. Para os maiores, ofereça algo para mastigar (barrinha de cereais, frutas desidratadas, balinhas);
  • Dê preferência aos voos diretos;
  • Escolha horários de voos compatíveis com os horários de soninho da criança.

Na hospedagem:

  • Pense se talvez um resort, que oferece infraestrutura e recreação para as crianças, venha ser a melhor opção;
  • Alugar um apartamento (ou casa) pelo airbnb, pode ser mais conveniente do que ficar em hotel, contando com cozinha para o preparo das refeições da família e a possibilidade de economizar comprando os alimentos no supermercado e armazenando-os na geladeira, sem falar em mais espaço para as crianças brincarem;
  • Verifique se a hospedagem possui escadas (pode dificultar para quem está com carrinho de bebê);
  • Solicite, ao hotel, o berço no momento da reserva;
  • Se seu bebê é pequeno, pode levar uma banheira inflável para o banho.

No geral:

  • É aconselhável ter um canguru ou sling, para transportá-lo junto ao corpo (principalmente quando viajar sozinha), e utilizar uma bolsa transversal ou mochila para ficar com as mãos livres;
  • É complicado levar o carrinho de bebê? Verifique se o hotel disponibiliza ou se na cidade há uma empresa que alugue (muitas oferecem locação). No voo, ele pode ser despachado no check in ou no portão de embarque (melhor);
  • Revise se pegou todos os documentos;
  • É sempre bom levar consigo o número de telefone do pediatra, para alguma emergência. Assim como consultá-lo antes da viagem e verificar que medicamentos devem ser levados;
  • De carro, de avião ou de ônibus: é sempre bom pensar no entretenimento, pois criança também sente tédio. Leve brinquedos (não sonoros), livros, tablet com filmes;
  • Não esquecer o álcool gel para limpar as mãozinhas e alguns alimentos para comer durante a viagem;
  • Uma mamadeira com aquecedor para carro poderá ser muito útil;
  • Liquidificador portátil é de grande ajuda pra levar onde for e preparar as papinhas e sucos;
  • Monte as peças de roupas que usará cada dia (e algumas extras) antes de colocá-las na mala.

Segurança:

  • Colocar uma pulseira de identificação com o número de telefone junto ao pulso da criança, é uma medida que pode ajudar se ela vier a se perder;
  • Todo nós sabemos, mas é importante constar nessa lista: filtro solar e chapeuzinho/ boné para protegê-lo do sol.

Roteiro:

  • Escolham o passeio que é prioridade para vocês, e o façam cedo. Se tudo der certo, vão acrescentando mais uma atividade ao dia.
  • Viajar com crianças requer um roteiro flexível.

 

Nesta quarta, enquanto meu avião se preparava para aterrisar, notei atrás de mim alguns meninos de aproximadamente quatro anos e, no momento em que tocamos o solo, mais abruptamente, eles entoaram: WOW!! Sorri com a astúcia deles, até adultos poderiam ter se assustado, mas eles não! Não sei se eram suas estréias no ar, mas me liguei que: explicar para as crianças todos os processos da viagem, aérea ou não, sobre para onde vamos, o que vamos fazer, qual o próximo passo... faz com que elas se sintam parte, entendam o que está acontecendo e se sintam mais seguras diante das situações.

Também já ouvi das pessoas, que viajar com criança pequena é "só desgaste, porque ela não aproveita nada". Mas o que vale não é o instante em que estamos vivendo? O riso do bebê batendo os pezinhos na água da praia, o encanto nos olhinhos quando vê o colorido dos lugares, aquele tempo - que passa tão rápido - gostoso juntos! 

Viajar com crianças é possível, adaptando tudo com carinho, paciência e planejamento. Pois mais importante do que oferecer presentes materiais, é proporcionar experiências a elas!

Na próxima semana, trarei algumas sugestões de lugares para passearem.

Aproveitem o feriado com muito amor e alegria entre vocês!

Um grande abraço e um até logo cheio de estilo:

 

Compartilha esse post com mais mães e pais, eles merecem!!
Vou amar se você curtir a página do blog no face e me seguir no insta @daianeschroder. Aproveita e me conta o que achou do post!

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.