PUBLICIDADE
9 - Seen Experience
Embarque imediato com Daiane Schröder
Embarque imediato com Daiane Schröder

Daiane Schröder
Natural de São Sepé, reside em Frederico Westphalen desde 2017. Produz conteúdo sobre experiências de viagens e turismo pelo mundo.
Bacharela em Direito, graduanda em Relações Públicas e pós-graduanda em Influência Digital.
Contato: [email protected]

5 Museus imperdíveis pra você conhecer

Pelo mundo...

Tags: conhecimento, embarque imediato, blog de viagem, viajar, cultura, dicas de viagem.

Publicado em 10/09/2018, última alteração em: 11/09/2018 19:48 por Daiane Schröder.


Olá, pessoal! 

Vocês concordam comigo quanto a relevância dos Museus, não é?

A recente perda de valor inestimável dos acervos do Museu Nacional - RJ, ainda nos consterna. Não é irônico que, em tempos de selfie, uma parte de nossa história tenha ficado somente em fotos?
Há diversos tipos de museus: de história, das ciências, de guerra, de tecnologia, de arte, temáticos, entre outros. O Rio Grande do Sul é o estado com mais museus no Brasil: 1 para cada 26 mil pessoas, segundo o IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus). Além disso, eles também são importantes para a economia, já que atraem um grande número de turistas. Em rankings mundiais, dois museus brasileiros já figuraram entre os melhores: Instituto Ricardo Brennand (Recife - Pernambuco) e Inhotim (Brumadinho - Minas Gerais). 

Que todo o vasto patrimônio material e imaterial contido nesses espaços, seja protegido. Para continuar representando nossas memórias, explicando nossas identidades, promovendo a reflexão, nos conectando ao passado, ajudando a compreender o presente e nos integrando ao futuro.

Selecionei 5 museus que achei interessantes, em diferentes partes do mundo, que valem uma visita:

HISTÓRIA

  1. MUSEU IMPERIAL – Petrópolis – RJ

Era o Palácio de Verão do Imperador Dom Pedro II até a Proclamação da República, e preserva até hoje o planejado jardim, coleções de arte, móveis, mais de 250 mil documentos originais e jóias (inclusive as coroas de Dom Pedro I e Dom Pedro II). Calce as pantufinhas (para preservar os assoalhos) que vão lhe dar na entrada e caminhe para o passado pelos corredores do Museu. À noite, o grande trunfo: um espetáculo de som e luz nos faz reviver a época da Família Real. 

Para saber mais: http://www.museuimperial.gov.br/

Este vídeo é um pouco antigo, mas mostra alguns trechos do espetáculo, do palácio imperial e por fim, a Igreja onde se encontram sepultados membros da Família Real Brasileira.  

CIÊNCIAS

  1. MUSEU DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA PUC – Porto Alegre – RS

Aqui a pesquisa desenvolvida é transformada em interatividade e todo o conhecimento é experenciado de forma lúdica. Milhares de exemplares científicos estão catalogados e expostos ao público. É a visita que toda escola deve fazer com seus alunos! E que tal passar a noite no museu? Sim, existe até essa atividade, que reúne crianças de 9 a 12 anos para se sentirem cientistas e desvendarem mistérios! A próxima edição será de 28.09 (sexta) das 21h30min às 8h de 29.09 (sábado). Um dos hábitos mais saudáveis que os pais podem despertar nos filhos, sem dúvida, é o apreço a museus!

Para saber mais: http://www.pucrs.br/mct/

Foto: Bruno Todeschini.

DE GUERRA

  1. IMPERIAL WAR MUSEUM – Londres – UK

Um extenso e excepcional museu dedicado às memórias da guerra, com artefatos originais e documentos oficiais da primeira e da segunda guerra, da guerra fria e do holocausto. Além das exposições permanecentes, de temas como espionagem, crianças na guerra e muitos outros, também traz exposições temporárias. É um material que revela o olhar de quem viveu. Não há como sair de lá indiferente. Toca fundo na alma. E dói. 

A entrada é, inacreditavelmente, gratuita. Como sugestão de passeio, aqui no Brasil, dentro desse tema: há o pedagógico Museu do Holocausto, em Curitiba, também com entrada gratuita (apenas necessita agendamento pelo site, já que o espaço é menor).

Na área do holocausto do Imperial War Museum é proibido fotos... compreensível pela intensidade da mostra e pela privacidade da descendência dos envolvidos.

Mais do que um grande museu, nos ajuda a entender o impacto que esses conflitos tiveram na vida das pessoas e como eles moldaram o mundo em que vivemos.

Para saber mais: https://www.iwm.org.uk/   http://www.museudoholocausto.org.br/

Na entrada, eu ainda sorria. Ainda não havia explorado o museu.

Nas fotos: o veículo da imprensa bombardeado, um submarino (ou o que sobrou dele) e um tanque de guerra.

O vestuário dos soldados também fazem parte da exposição. Nesta última foto à esquerda, bem ao fundo se pode ver o medidor de altura para estar apto ao campo.

A carta em destaque é de um menino de 9 anos, se voluntariando para a guerra e comprovando o que toda a propaganda (abaixo) conseguiu disseminar para que as pessoas acreditassem.

As nações usavam cartazes para justificar seu envolvimento, para persuadir e recrutar. Percebe-se uma publicidade manipuladora, que apelava para o emocional.

Na foto central, uma "árvore" falsa.

Nestas duas últimas fotos, pode se ver como eram os alimentos levados nas batalhas e em determinada parte do museu, o visitante pode entrar na réplica de uma "trincheira" e sentir como era, com todos os barulhos e sensações.

O papel das mulheres na Guerra.

DE ARTE

  1. MUSÉE D´ORSAY – Paris – FR

O edifício era uma estação ferroviária que quando fechada, foi transformada em um museu. Possui uma coleção lindissíma dos melhores artistas do mundo, entre as quais destaco obras do Impressionismo.

Para saber mais: http://www.musee-orsay.fr/en/home.html

Le Déjeuner. 1873 - Claude Monet.

Ambas as telas são de James Tissot, vejam a perfeição no amassado do vestido ilustrado na primeira foto. Na segunda, a quantidade de detalhes que fazem parte da tela. Não lhes parecem fotografias ao invés de pinturas?! 

Fotos superiores, obras de Berthe Morisot Édouard Manet e nas inferiores, Camille Pisarro e James Tissot.

Jeunes filles au piano, 1892 - Pierre Auguste Renoir.

Mais obras de Renoir.

O interior do museu também é muito bonito, com espaço de café, restaurante... e no último andar, vista para o Sena.

TEMÁTICO

  1. MUSEU ANDES 1972 – Montevidéu – UY

Um dos museus mais impactantes que já visitei. Embora pequeno, traz uma comovente história real: em 1972, o avião com um time de rugby e seus familiares (totalizando 45 pessoas) caiu na Cordilheira dos Andes. Os sobreviventes precisaram lutar pela vida (um deles, por curiosidade, era o filho do artista Carlos Vilaró que construiu a Casapueblo, vide post anterior). Eles trabalharam em conjunto, traçaram objetivos e tiveram muita fé... As buscas já haviam sido canceladas. Mas com determinação, ao final de 72 terríveis dias conseguiram se salvar (após uma caminhada desumana sobre a neve) e serem resgatados. Enquanto esse dia não chegou, sofreram a baixa temperatura, transformaram neve em água, o corpo dos amigos mortos em comida (uma parte realmente sofrível da história), pedaços do avião em isolantes térmicos... Enfim, uma história bem contada em um museu que choca e sensibiliza.

Para saber mais: http://www.mandes.uy/

E vocês? Visitaram algum museu super interessante e querem indicar pra nós? 
Um abraço e uma ótima semana! 
Dai.


Página no facebook: https://www.facebook.com/auembarqueimediato/

Perfil no Instagram: https://www.instagram.com/daianeschroder/

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel