PUBLICIDADE
9 - Cotrifred

Religião

Irmã Dulce dos Pobres nasceu em Salvador, em 1914, e teve seus milagres reconhecidos pelo Vaticano

Publicado em 15/10/2019.

Por:



11 - Campanha CDL AU

O povo católico, especialmente os baianos, comemoraram no domingo, 13, a canonização da primeira santa nascida no Brasil, Maria Rita Lopes, a popular Irma Dulce, ou agora, a Santa Dulce dos Pobres como está sendo chamada.

A cerimônia foi presidida pelo papa Francisco, com a presença de mais de 50 mil fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano. A canonização ocorreu após 27 anos da morte da freira e é considerada o terceiro processo de santificação mais rápido da história, atrás do papa João Paulo II, em 2014, e da Madre Tereza de Calcutá, em 2016.

 

Quais os milagres de Irmã Dulce?

O primeiro milagre validado para a beatificação da freira, nascida em Salvador (BA) em 1914, foi a sobrevivência de uma mulher sergipana, que apresentou uma grave hemorragia durante o parto do seu segundo filho. Já o segundo milagre reconhecido pelo Vaticano, que levou à canonização, foi a cura da cegueira de um homem de 50 anos, morador da Bahia.

 

Por que Irmã Dulce é considerada a primeira santa brasileira?

O primeiro santo nascido no Brasil a ser canonizado foi Frei Galvão, em 2007. Madre Paulina, que morava em Santa Catarina, também foi canonizada e ficou conhecida como a primeira santa do Brasil, entretanto ela nasceu na Itália e só veio morar no país com a família aos 10 anos de idade, por isso Irmã Dulce é considerada a primeira santa nascida em solo brasileiro.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel