Luto no Futsal

Douglas Nunes era um dos principais jogadores da equipe paulista e da seleção brasileira de futsal

Publicado em 11/08/2019.

Por:



Com diversas passagens pela seleção brasileira de futsal, o pivô do Corinthians, Douglas Nunes, morreu na madrugada deste domingo em Erechim.

O atleta de 27 anos foi baleado na saída de uma casa noturna horas depois de jogar a semifinal da Taça Brasil. Eliminados da competição, a equipe só ficou em Erechim pois enfrentaria o time da cidade na próxima quarta-feira, 14, pela Liga Nacional de Futsal.

Segundo testemunhas, Douglas Nunes e outros jogadores teriam se envolvido em uma discussão dentro de uma boate na Avenida Sete de Setembro, na área central de Erechim. Na saída da casa noturna, um carro se aproximou do grupo e fez os disparos. Douglas foi o único atingido.

O pivô ainda foi socorrido por oficiais do 7° Batalhão de Bombeiros Militares, mas não resistiu aos ferimentos. O autor dos tiros fugiu e está sendo procurado por policiais militares do 13° BPM.

Irmão do também pivô Betão, campeão mundial com a seleção brasileira em 2008, Douglas Nunes foi formado nas divisões de base do próprio Corinthians. No futsal adulto, ele atuou também por Orlândia e Kairat Almaty, do Cazaquistão, antes de retornar ao Parque São Jorge em 2017.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
10 - Promo Assinatura
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica