PUBLICIDADE
9 - Balonismo Trip

Camila da Silva

Presidir a JCI Rodeio Bonito é mais que um desafio, é um comprometimento com o juniorismo e, principalmente, com os companheiros da nossa organização local

Publicado em 11/07/2019.

Por:



Proporcionar oportunidades de desenvolvimento que preparem as pessoas jovens a criar mudanças positivas. Essa é a missão da Junior Chamber International (JCI) – Câmara Junior Internacional –, baseada nos valores de fé e imaterialismo, fraternidade, justiça, livre iniciativa, respeito às leis, ser humano e serviço humanitário.

Em Rodeio Bonito, a JCI está ativa há 45 anos na comunidade e vem se utilizando da energia e do entusiasmo dos jovens para desenvolver seu espírito de iniciativa e liderança através de trabalhos voluntários, projetos sociais e desenvolvimento dos seus membros, e à frente da organização está Camila da Silva, de 25 anos, que foi escolhida como presidente para o ano de 2019.

– Desde que ingressei na JCI, no ano de 2014, me identifiquei muito com a entidade e seus propósitos, comecei a participar de todos os projetos sociais desenvolvidos e quando me dei por conta já estava assumindo alguns cargos, até ser eleita presidente. Presidir a JCI Rodeio Bonito é mais que um desafio, é um comprometimento com o juniorismo e, principalmente, com os companheiros da nossa organização local. É uma honra poder dar continuidade a este capítulo que há 45 anos vem trabalhando com destaque em nível nacional, capacitando e inspirando jovens a causarem mudanças positivas na comunidade – destaca Camila, que é formada em Administração e atualmente trabalha como auxiliar-administrativa na Apae de Rodeio Bonito.

 

Uma organização de líderes

Com a missão de proporcionar oportunidades de desenvolvimento que preparem as pessoas jovens a criar mudanças positivas, a JCI, que surgiu com o nome de Câmara Junior, é uma associação mundial de pessoas jovens de 18 a 40 anos, que buscam no aprimoramento individual as bases para o desenvolvimento de suas comunidades. Passados 109 anos da sua fundação, em St. Louis, Missouri, nos Estados Unidos, a JCI está presente em cinco continentes e possui mais de 200 mil membros filiados, em cerca de cinco mil localidades, de 115 países e territórios.

A JCI não tem cor racial, religiosa ou política, e tem sido definida como “uma organização educacional suplementar”, na qual os jovens de uma comunidade podem associar-se dentro de um espírito de companheirismo, liderança e compreensão para desenvolver uma consciência cívica em seus membros, através de uma participação ativa em projetos construtivos que beneficiam a comunidade. “A JCI é criada de uma crença comum de que agindo juntos para a segurança humana, que se traduz na garantia de oportunidade social, econômica e ambiental, desenvolvimento e bem-estar para todo o indivíduo e sua comunidade, irá inspirar confiança, unir comunidades, estabelecer a justiça, abranger diversidade cultural e criar impacto sustentável”, esclarece Camila.

 

Projetos da JCI Rodeio Bonito

Anualmente, a JCI Rodeio Bonito desenvolve alguns projetos no município, envolvendo escolas e toda a comunidade. “Temos o ‘Oratória nas escolas’, um projeto social em que a JCI oferece gratuitamente um curso de oratória para os alunos de 7° a 9° anos das escolas do município. Desenvolvemos o ‘Debate nas escolas’, que promove a discussão de temas relevantes para a sociedade, com os alunos do ensino médio, desenvolvendo o pensamento crítico e de oratória dos mesmos. Trabalhamos com o programa ‘HeForShe (ODS 5), que é desenvolvido pela ONU e apoiado pela JCI Brasil neste ano de 2019, inclusive pela JCI Rodeio Bonito, onde realizamos ações que buscam trabalhar na sociedade a igualdade de gênero, empoderamento feminino e o fim da violência contra a mulher. Ainda, temos uma ação que visa promover a mobilização de voluntários para a limpeza da cidade, conscientização para o descarte irregular de resíduos sólidos e líquidos, que é o ‘World Cleanup Day (Dia Mundial da Limpeza)”, frisa Camila.

E para quem quiser saber mais sobre a JCI, a presidente faz um convite. O jovem que se identificar com o espírito e os propósitos da JCI, pode procurar a organização e ingressar na mesma. Sem dúvidas, é uma experiência enriquecedora”, finaliza.

Texto: Suseli Cristo

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Detetizadora Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica