Cristal do Sul

Investimentos na suinocultura elevam índices de ICMS em mais de 9% para 2019

Publicado em 23/11/2018, última alteração em: 23/11/2018 10:51.

Por:



Sicoob

Cristal do Sul está entre os quatros municípios da região de abrangência do jornal O Alto Uruguai com o maior crescimento nos índices do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para 2019. A porcentagem do aumento previsto pela Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul é de 9,66%, número que deve ser superior ainda em 2020, conforme destaca o técnico da Secretaria Municipal de Agricultura, Marcio Sarturi. “Tivemos este crescimento de mais de 9%, mas quando essas unidades que estão em construção começarem a funcionar, eu acredito que teremos um incremento ainda maior. A agricultura é a indústria do município. Temos que ter um investimento forte no setor primário, pois além do retorno do ICMS você acaba segurando o produtor, tanto o adulto como o mais jovem, no campo”, afirma.

Segundo Sarturi, atualmente estão em construção no município sete terminações, sendo uma com capacidade para mil animais, duas de 660 cabeças e quatro com capacidade para 1.320 animais. “Cada unidade dá em média de R$ de 50 mil em investimentos da prefeitura entre terraplanagem, lona e acesso”, acrescenta o técnico da Secretaria de Agricultura.

Uma das terminações em construção é a da família do agricultor Erno Dupont, da linha Barra do Pinhal. O produtor que trabalha com grãos e bovinocultura de leite busca agora na suinocultura uma opção de renda extra. “Vimos que a suinocultura é uma alternativa a mais para gerar renda na propriedade durante o ano. Além disso, é um incentivo a mais também para segurarmos os filhos no campo”, comenta o chefe da família.

Para o filho de Erno, Sidinei Dupont, os investimentos na atividade só foram possíveis graças à parceria com o Poder Executivo. “É um incentivo importante, pois se não tivéssemos essa ajuda da prefeitura não iriamos ter orçamento suficiente”, revela o filho.

Além da Prefeitura de Cristal do Sul, a Emater/RS-Ascar do município também é parceira dos agricultores, ajudando-os na elaboração dos projetos de crédito, no acompanhamento da construção das terraplanagens e na orientação da aplicação correta dos dejetos nas lavouras.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.