PUBLICIDADE
Unopar nº 9

Planeta em perigo

Humanidade deverá tomar atitudes drásticas para o aquecimento global não passar de 1,5°C

Publicado em 08/10/2018.

Por: Fernanda Schuster



Serrano Nº11

Limitar o aquecimento global a 1,5°C exigirá “mudanças de longo alcance e sem precedentes” no comportamento humano, segundo um painel científico das Nações Unidas, que lançou nesta segunda-feira, 8, um relatório especial voltado para as mudanças climáticas.

O relatório foi divulgado no Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), em Incheon, na Coréia do Sul, onde centenas de cientistas e representantes governamentais analisaram milhares de informações para demostrar o que pode acontecer com o planeta e a população global diante do aquecimento global de 1,5°C.

O relatório destaca vários impactos da mudança climática que poderiam ser evitados limitando o aquecimento global a 1,5°C em comparação com 2°C ou mais.

– Uma das principais mensagens enfatizadas fortemente neste relatório é que já estamos vendo as consequências do aquecimento global de 1°C, como eventos climáticos mais extremos, elevação do nível dos oceanos e degelo no Ártico, entre outras mudanças – disse Panmao Zhai, co-presidente de um dos grupos de trabalho do IPCC.

Para o relator especial da ONU, a mudança climática está tendo – e terá – efeitos devastadores em uma ampla gama de direitos humanos, incluindo direitos à vida, saúde, alimentação, moradia e água, bem como o direito a um ambiente saudável. “O mundo já está testemunhando os impactos da mudança climática, de furacões na América, ondas de calor na Europa, secas na África e enchentes na Ásia”, comentou.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.