Palmeira das Missões

Sindicato da categoria reivindica regularização dos salários e melhores condições de trabalho

Publicado em 21/08/2018.

Por: Adriano Dal Chiavon



11 - Girassol

Funcionários do Hospital de Caridade (HC) de Palmeira das Missões irão realizar na manhã desta quarta-feira, 22, uma passeata em protesto ao atraso de salários e por melhores condições de trabalho na casa de saúde. A caminhada está prevista para iniciar às 10 horas e irá acontecer em frente ao hospital.

Na oportunidade, também será entregue uma carta aberta a população palmeirense, a qual denuncia a continuidade da crise na unidade de saúde. De acordo com o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnicos, Duchistas, Massagistas e Empregados em Hospitais e Casas de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul (Sindisaúde) de Passo Fundo e região (que representa os profissionais do hospital palmeirense), os trabalhadores do HC estão há um ano recebendo salários atrasados.

Além disso, o sindicato cobra melhores condições de trabalho e reposição de pessoal nos setores, que atuam com equipes reduzidas. "A comunidade pode não estar sentindo, em seu atendimento, o desmonte do hospital, por conta do empenho de quem lá trabalha, mas uma nova paralisação não pode ser descartada como forma de advertir e apontar a crise", afirma a carta divulgada pelo Sindisaúde.

O sindicato da categoria também cobra da prefeitura de Palmeira das Missões a quitação de um montante de R$ 600 mil, relativo ao atraso em repasses de 2017. A carta do Sindisaúde também pede a renovação do contrato de intervenção do Executivo palmeirense com a associação que administra o HC.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.