Neida De Cezaro Bonifácio

A vida de Neida sempre foi assim, de muita dedicação às filhas e ao esposo, mas também de grande envolvimento na comunidade

Publicado em 30/06/2018, última alteração em: 04/07/2018 09:01.

Por: Suseli Cristo



“O meu trabalho me realiza”

Mãe, mulher, dona de casa, profissional. O acúmulo de funções, a correria do dia a dia, tem exigido tempo de algumas mulheres, que precisam ser multitarefas para poder cumprir com todos os compromissos. Mas essa agitação também é motivo de satisfação para algumas, pelo simples fato de estarem ajudando, não importando a hora e nem o local. E uma dessas “mulheres multitarefas” estampa a nossa capa da Set deste sábado, 30. Dos seus 55 anos de vida, 27 são dedicados ao Hospital Santa Terezinha (HST), na área de enfermagem e 11 como administradora da casa de saúde, que assumiu em 2006 e segue até hoje.

Quem é ela?

Neida De Cezaro Bonifácio, 55 anos, é palmitinhense, casada há 30 anos com Ildo Bonifácio, e mãe da Angélica, de 30 anos, e da Taiana, de 23 anos. E logo chega a netinha Martina, para completar ainda mais a família. “Recebemos a maravilhosa notícia que Deus estaria nos presenteando com uma netinha. Angélica já estava em 16 semanas quando nos contou a novidade. Confesso que choramos de felicidades e a cada dia que passa vimos aquela linda barriga desabrochar e Martina crescer saudável. Estamos ansiosos pela chegada dela, que já é muito amada”, destaca Neida, que mesmo com a tecnologia de hoje, podendo se falar diariamente por meio da internet, sente muito a falta das filhas, que moram em outras cidades. “Ficar distante das pessoas que mais amamos não é nada fácil. Sempre estamos com o pensamento voltado a elas, mas precisamos nos adaptar com a saudade, pois meu esposo e eu sempre priorizamos em oferecer o melhor as nossas filhas, dar estudo, para que tivessem um futuro brilhante. Então, hoje, temos que pensar que a saudade é apenas um detalhe, pois ver que elas estão bem nos motiva diariamente e nos dá a certeza das escolhas nossas e das que elas fizeram – a Angélica é formada em Odontologia e mora em Santa Catarina, e Taiana está cursando Direito, em Santa Maria.

 

Profissão por amor

A vida de Neida sempre foi assim, de muita dedicação às filhas e ao esposo, mas também de grande envolvimento na comunidade, e tudo feito sempre com muito amor, especialmente na área profissional. “Minha profissão na área de enfermagem foi durante 27 anos, iniciando meus trabalhos como atendente de enfermagem, após auxiliar de enfermagem e por fim técnica de enfermagem, sempre no Hospital Santa Terezinha, e por um período de seis anos na Clínica Luz Fêmina, de Frederico Westphalen”, relata a palmitinhense, que devido ao seu comprometimento foi convidada a assumir a administração do HST. “Quando fui convidada para voltar aos trabalhos à frente do HST confesso que fiquei muito confusa em assumir tamanho desafio. Depois que aceitei o compromisso, de maio a dezembro de 2006, as coisas foram dando certo, buscando novas alternativas para o melhor andamento da casa de saúde, o tempo foi passando e até hoje estou administrando o HST. Já são 11 anos tentando prestar o melhor atendimento à população palmitinhense e regional, mesmo com os percalços no meio do caminho”, frisa Neida.

Apesar das grandes dificuldades na área da saúde, Neida diz que sempre procurou dar o seu máximo, oferecendo um atendimento carinhoso, carismático e acima de tudo um trabalho com muita atenção. “Trabalhamos com vidas e nossa responsabilidade aumenta a cada momento, então não podemos somente pensar em honorários, e sim em prestar um bom serviço àquele ser humano que necessita da nossa ajuda na hora da dor. Você precisa exercer a sua profissão com amor. No fim do dia eu sempre agradeço a Deus por ter me dado mais um dia de gratidão e bom atendimento oferecido. Sem dúvidas o meu trabalho me realiza”, diz a administradora do HST, com a esperança que logo possam oferecer outros serviços na casa de saúde, como a Unidade de Cuidados Prolongados (UCP) e dermatologia. “Esse projeto de dermatologia já foi aprovado pela CIR e estamos trabalhando para o quanto antes podermos iniciar os atendimentos a todos os municípios da 19ª CRS”, finaliza.

    

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.