PUBLICIDADE
9 - coronavírus

Polícia

Polícia Civil deflagrou ação que visa romper atuação de rede voltada ao cometimento de crimes sexuais com crianças

Publicado em 25/11/2020, última alteração em: 25/11/2020 16:51.

Por:



11 - Girassol

As Polícias Civis dos Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais deflagraram na manhã desta quarta-feira, 25, uma operação conjunta com o objetivo de desarticular uma rede de criminosos voltada a crimes sexuais infantojuvenis cometidos no meio virtual e fora dele. 

Batizada de Operação BlackDolphin, a ação aconteceu em várias cidades dos quatro Estados citados. No Rio Grande do Sul, os mandados foram cumpridos nos municípios de Porto Alegre, Gravataí, Pelotas, Rio Grande, Santa Rosa, Três de Maio, Frederico Westphalen, Soledade e Carazinho.

Ao todo, a operação possui 220 alvos espalhados pelos quatro Estados e investiga uma rede de predadores sexuais que produziam, vendiam e compravam vídeos de crianças realizando atos sexuais. As vítimas são pessoas infantojuvenis em situação de vulnerabilidade sexual e o comércio do conteúdo de pedofilia acontecia na chamada dark web, um lado obscuro da internet em que buscadores como Google não possuem acesso. 

*Com informações da Polícia Civil gaúcha

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.