PUBLICIDADE
9 - coronavírus
Márcio Silva
Márcio Silva

Examinador de Trânsito do Detran/RS, especialista em Direito de Trânsito – Verbo Jurídico - POA/RS e especialista em Trânsito e Educação no Trânsito – Unochapecó/SC

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

Estudar ou treinar para prova ou para a vida!

Tais experiências estão em constante mudança

Publicado em: 14/12/2019

Não é nada fácil a vida de motorista de trânsito. Estar preparado para situações inusitadas e concentrado todo o tempo no trânsito causa diversos tipos de reações ligadas a bastante estresse e ansiedade. Todavia, toda pessoa que se dispõe a dirigir deve estar ciente do compromisso que é conduzir um veículo automotor. Estar preparado para o trânsito começa muito antes de o cidadão completar 18 anos, e do comportamento que uma pessoa tem ou teve até essa idade nas vias é o que definirá seu caráter como usuário e principal componente do trânsito.

Dentro desse contexto, em meu trabalho deparo-me todos os dias com diversas pessoas que almejam obter o tão sonhado direito de dirigir. Não entrando no mérito do que preconiza a lei federal, pela qual a autarquia Detran/RS está subordinada e perante a lei só nos resta cumprir ou seguir a regra sem discutir, o debate da lei fica para antes ou depois de sua aplicabilidade e não no ato de usá-la. Por derradeiro, se é ruim lidar com as condições adversas do trânsito durante o processo de formação de um condutor, com um professor ao seu alcance, quem dirá após habilitado e sem a devida noção de espaço, tempo e ainda sozinho.

Importante mencionar que a possível falta de noção de espaço e tempo de um motorista, ocasionando riscos no trânsito, não decorre de sua abreviada formação apenas após os seus 18 anos. Abreviada formação devido à imensidão de conteúdos, siglas e assuntos tratados em um curto espaço de tempo. Acredito que aqueles profissionais que trabalham com a formação de um motorista de trânsito dentro do tempo que possuem, até fazem milagre, pois corrigir vícios ou costumes errados de vários anos não é tarefa fácil de realizar. Por fim, essa preparação deveria começar desde pequeno, recebendo o exemplo dos pais e complementada pela escola, através de disciplina específica ou dentro de outras disciplinas, via tema transversal.

Para tanto, no trânsito assim como na vida, nos deparamos com situações boas e ruins, a cada dia que passa, levamos para a vida ou para o trânsito nossas experiências adquiridas. Tais experiências estão em constante mudança, entretanto, a todo o momento surgem situações que nos impedem de reagir ou de agir com clareza ou com perfeição. Cientes disso, na dúvida, na vida ou no trânsito, não acelere ou ultrapasse.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica