Elisabete Cerutti
Elisabete Cerutti

Doutora em Educação e diretora-acadêmica da URI/FW

beticerutti@uri.com.br

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

Educação 4.0

Há facilidade de acesso ao conhecimento, através de conectividade dos sistemas

Publicado em: 09/11/2019

Cotidianamente temos nos deparado com uma revolução que é marcada pela era digital, tendo em vista a eminência de tudo o que realizamos estar interligado à internet e à produção de conteúdo, que esta vem gerando. A isso denominamos de Educação 4.0, ou como expressam teóricos das mais diferentes áreas, a quarta revolução industrial.

Há uma vivência da cultura de uso de tecnologia digital presente na vida das diferentes gerações e segmentos sociais, tanto para produção de conteúdo, sendo os mais diferentes gêneros, quanto a efetivação de novos negócios, que agilizam procedimentos de gestão e relações virtuais.

Um exemplo disso é que hoje, baixar um aplicativo e efetuar pagamento de contas na palma da nossa mão é uma rotina comum em um número expressivos de indivíduos, que até ontem precisavam se deslocar para agências físicas e fazer esta ação.

Isso muda nosso comportamento, a maneira de ver o mundo, as organizações e as pessoas. Evoluímos. Há facilidade de acesso ao conhecimento, através de conectividade dos sistemas.

Temos percebido a presença de inteligência artificial, de automação e de sistemas robotizados que nos propiciam agilidades e soluções. Nossas organizações estão fazendo uso de novas mídias e Big Data, capazes de realizar análise e interpretação de grandes volumes de dados. É a velocidade da inovação e da informação. É a presença de maior inteligência coletiva. É a necessidade do desenvolvimento de novas habilidades e conhecimento constante.

Na maneira como nós compreendemos o que significa aprender para toda a vida e desenvolver autonomia nos processos de aprendizagem, temos sido convidados a ser híbridos e conectados.

Aprender, no cenário digital, é compreender um novo mind set, isto é, como nos comportamos à frente dessas experiências. As mudanças que vêm ocorrendo nos diferentes setores são feitas e passam pelas pessoas, que passam a integrar as inovações a um processo de aprendizado permanente, neste mind set 4.0.

Isso significa que aprender tem o significado de participar efetivamente da construção do processo de aprendizagem, cada vez mais flexível e interligado, o que salienta nosso pesquisador Pierre Levy, trata-se de uma antropologia do ciberespaço.

E as formas e conteúdos do ciberespaço ainda são indeterminados neste labirinto de conexões e interações que convivemos.

A única certeza, no momento, é compreender que a Educação 4.0 nos traz um novo humanismo nas relações, com o outro e consigo, além de expressar o quão temos que fazer uso de tecnologias que nos trazem soluções para que possamos ter mais tempo de viver, conviver e ser feliz com quem amamos e vivemos neste território físico que o homo sapiens conquistou.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica