Mauro Cezar Rosa
Mauro Cezar Rosa

Administrador, consultor, professor, especialista em gestão pública e dirigente cooperativista.

mauro.frconsultoria@gmail.com

 

 

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

Reflexões...

. Precisamos resgatar nosso civismo, nosso amor pela Pátria

Publicado em: 07/09/2019

Nosso país passa por um momento de inúmeras transformações, no sistema político, refletidos na economia e nas relações sociais brasileiras, mudanças estas, que nos apresentam profundos conflitos, pois tudo que é novo, nos remete a incertezas, onde por vezes não sabemos quais são as melhores decisões a serem adotadas, decisões que impactam profundamente em nossas vidas.

Compromissos profissionais e particulares consomem o tempo do nosso dia a dia, embora com uma agenda bem atribulada, não diferente de você que ora nos lê, fiquei muito feliz e honrado pela lembrança e o convite da diretora do jornal o Alto Uruguai, Patrícia Cerutti, para fazer parte do seleto grupo de “novos” colunistas deste importante meio de comunicação regional, e assim discorrer um pouco da nossa opinião, visão e experiências cotidianas.

Neste espaço vamos convidar a cada leitor, para que de posse de sua leitura e reflexão dos temas aqui abordados, venha contribuir com sua opinião e sugestão para que juntos possamos construir um ambiente de aprendizado, balizados de um bom diálogo, gentileza e inteligência.

Estamos na semana da Pátria, e cá estávamos conversando entre alguns amigos, e neste sentido nos perguntávamos? Quem, nos dias atuais, ainda sabe exatamente, ou tem o entendimento de o que significa ter uma Pátria, para chamar de sua? Como e onde estão nossos irmãos patriotas, legisladores, que no ambiente político criam, destorcem e deturpam as leis, como a da criação e manutenção do Fundo Partidário? Que em minha humilde opinião, além de ser uma afronta para a sociedade a sua criação, agora no próximo orçamento teremos a ela um incremento de mais de 117% nos valores, sendo que se o Congresso a assim aprovar, terá mais de R$ 3,7 bilhões, valores disponibilizados para que os partidos políticos façam a “festa”.

Aqui convido a vocês a refletirem comigo: quem de nós já parou para pensar sobre o tamanho desse número? O volume desse dinheiro? A origem dele? Pois é pessoal, esse valor, simplesmente os R$ 3,7 bilhões, destinados para o Fundão dos Partidos Políticos, são recursos oriundos da geração de valor, produzidos a cada gota de suor do nosso de cada dia, onde desde o mais modesto trabalhador/cidadão brasileiro, ao comprar o seu litro de leite para alimentar seu filho, ao empresário que ao ampliar seu negócio, vai contratar mais profissionais, ao senhor aposentado que aqui nos lê, todos, indistintamente todos nós somos os responsáveis por sustentar essas as estruturas viciosas. Precisamos resgatar nosso civismo, nosso amor pela Pátria, não é possível aceitarmos que agentes públicos, eleitos para defender os direitos do povo, adotem mecanismos e estruturas políticas partidárias corruptas, saqueando os cofres públicos para sustentar ideologias deturpadas. Pense nisso...

Não posso deixar de parabenizar a todos os colegas administradores pelo seu dia, a ser comemorado na segunda-feira, 9 de setembro. É com muito orgulho que atuo e defendo minha profissão.

“Administrar é arte de transformar o mundo...”

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica