PUBLICIDADE
9 - Balonismo Trip
Antonio Carlos Rossi Keller
Antonio Carlos Rossi Keller

Bispo da Diocese de Frederico Westphalen. Formado em Filosofia e em Teologia, com mestrado em Teologia, pela Pontifícia Faculdade Nossa Senhora da Assunção, de São Paulo, com especialização em Teologia Espiritual e Formação de Seminaristas, pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

O testemunho cristão na vida diária

Assim, em vez de nos colocarmos perante o olhar de Deus, somos tentados a preocuparmo-nos mais com o olhar das pessoas que vivem conosco, e com o que pensam de nós. Esta é a raiz de toda atitude de respeito humano.

Publicado em: 04/05/2019

Quem pretender viver de acordo com a vontade de Deus em todos os aspectos da sua vida, não encontrará facilidades. Mas Deus toma a Seu cargo confortar e sustentar os justos. Esta é a lição recebida dos nossos irmãos na fé, os primeiros cristãos.

Logo depois da vinda do Espírito Santo sobre a Igreja nascente, os Apóstolos compreenderam que o Senhor entregava em suas mãos a evangelização do mundo e começaram a anunciar a Boa Nova aos seus conterrâneos, mas encontraram pela frente a oposição tenaz dos chefes do judaísmo de então e foram encarcerados e maltratados.

Não é somente o horror ao sofrimento que experimentam os primeiros mártires do cristianismo, mas também o incomodo de ir contra a corrente, de pensar diferente dos outros, de discordar. E, no entanto, é isto o que tem de fazer todo aquele que deseja ser fiel à sua vocação e não se deixar vencer pelo respeito humano.

Há em todos nós um desejo íntimo de se enquadrar no ambiente em que vive, de agradar as outras pessoas, de não ser diferente. São sentimentos bons que a nossa natureza decaída pode exagerar. Assim, em vez de nos colocarmos perante o olhar de Deus, somos tentados a preocuparmo-nos mais com o olhar das pessoas que vivem conosco, e com o que pensam de nós. Esta é a raiz de toda atitude de respeito humano.

Chama-se de “respeito humano” o pecado de ter vergonha de assumir a posição de cristão, sobretudo de católico, nos meios em que se vive. Assim, muitos escondem sua identidade católica, não rezam em público, não participam, por exemplo, das Procissões nas ruas, e outras atividades, com receio de manifestarem os sinais exteriores da fé católica. Temem a zombaria e coisas semelhantes. Pior ainda, no meio das realidades do dia a dia, apoiam e acolhem em suas vidas e nas vidas dos demais, princípios, valores e atitudes que são contrárias à fé.

O respeito humano é uma atitude de covardia, uma falta de liberdade. Quem é dominado por ele não é livre. Pessoa livre é aquela que, seja qual for o ambiente em que vive, faz aquilo que acha que deve fazer, o que sabe ser o correto. Quem se deixa dominar pelo respeito humano, coloca Deus em segundo lugar, e as pessoas e o que elas vão dizer em primeiro.

Por isso, Jesus disse: “Todo aquele que se declarar por Mim diante dos homens, também Me declararei por ele diante do Meu Pai que está nos Céus. Mas aquele que me negar diante dos homens, eu também o negarei diante do Meu Pai que está nos Céus” (Mt 10, 32-33). É frequente nos cristãos a tentação de diminuir as exigências da fé cristã na vida prática, no dia a dia.

Se quisermos ser amigos dos nossos irmãos e ajudá-los, é preciso ter a coragem de anunciar as verdades da fé e da moral sem descontos, com toda a sua exigência. Foi assim que fizeram os primeiros cristãos e os santos de todos os tempos: S. Tomás Moro foi condenado à morte por defender a indissolubilidade do matrimonio, perante os desmandos conjugais do rei Henrique VIII; S. João Maria Vianney, pregando com toda a exigência, fez da sua Paróquia um confessionário para pessoas de todo o mundo e São João Paulo II tornou-se simpático e amado porque pregava a verdade do Evangelho sem descontos. A primeira virtude do evangelizador, administrador de Deus, é a caridade unida à fidelidade e à verdade.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Detetizadora Daniel