PUBLICIDADE
9 - Girassol
Elisabete Cerutti
Elisabete Cerutti

Doutora em Educação e diretora-acadêmica da URI/FW

[email protected]

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

É tempo de ser mais leve...

**Os textos de colunistas aqui publicados são de sua total responsabilidade e não refletem a opinião do jornal O Alto Uruguai.

Publicado em: 27/03/2021

Queridos amigos, leitores e cidadãos desta terra... A vida terrena é uma passagem, literalmente uma passagem. Em um tempo em que vidas são ceifadas por questões de saúde, vem em mente o que fica, os legados, os sentimentos e as situações de cada um, no seu estar no mundo, contribuiu, leva ou deixa.

Nunca antes em nossas trajetórias passamos a pensar tanto na vida, nos nossos fazeres, nos nossos sentimentos. A velha máxima do fazer hoje porque amanhã não se sabe o que pode acontecer, é quase que um cotidiano.

A vida pediu passagem. As pautas, nos cotidianos, têm sempre iniciado com as preocupações com as condições de saúde. Não há um só contato que não se cumpra com um rigoroso cuidado com a saúde.

Movida por um sentimento cristão, sempre procurei viver sob o olhar de uma vida que não se acaba neste lugar físico que ocupamos. Mas o fato de tantas vidas próximas estarem comprometidas cabe o sentimento da fé e da esperança ganhando força em meio a tantos medos e preocupações.

Não tenho aqui a pretensão de mudar o pensamento de quem lê e acompanha essa coluna, mas de pensar, refletir e procurar caminhos para nos humanizar. É um tempo novo, que nasce o cuidado com a vida, com os mais íntimos sentimentos de amor, de necessidade de paz, de zelo ao bem maior que são as pessoas. Por muito tempo, aprendemos a valorizar tanto os materiais, as tecnologias, os bens e o bem maior talvez tenha ocupado um lugar menor no nosso cotidiano.

Esse tempo de cuidado evoca em nós o “não parar”, a vida não pode parar, a economia não pode parar, os cuidados com a saúde e com a higienização não podem parar. É um misto de reaprender diariamente e conviver, com o espírito de si e do outro, o maior processo de alteridade já exigido por nós, humanos.

É tempo de ser mais leve, de ter mais olhares, diálogos e bom senso. Um tempo que quem desejar aprender e, principalmente, saber ser humano e compreender os novos horizontes.

Até breve!

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Novo Site