PUBLICIDADE
9 - coronavírus
Mirtes Teresinha Friedrich Quadro
Mirtes Teresinha Friedrich Quadro

Professora, formada em Letras e pós-graduada em Literatura e História. Sota-capataz do CTG Rodeio da Querência.

Sugestões, elogios e dúvidas: clique aqui para enviar um e-mail.

Uma mulher como presidente do MTG

As eleições, que aconteceram durante o 68º Congresso Tradicionalista, no último fim de semana, correram de forma tranquila até a divulgação dos resultados

Publicado em: 20/01/2020

Uma mulher como presidente do MTG 1 – O MTG foi fundado em 1966 e, desde então, 20 presidentes passaram pela liderança doMovimento. A inovação em 2020 foi a candidatura de duas mulheres para o cargo até hoje, sempre masculino. As eleições, que aconteceram durante o 68º Congresso Tradicionalista, no último fim de semana, correram de forma tranquila até a divulgação dos resultados. Segundo os Estatutos, têm direito ao voto, representantes das entidades tradicionalistas, geralmente, na figura do patrão, ou um delegado por ele designado. Porém, podem votar apenas os representantes das entidades que estiverem com as suas obrigações financeiras em dia com o MTG, fato este que tirou muita gente da fila de votação, ou seja, quem não havia pago a anuidade, hoje de R$ 1.259,96 não podia votar.

 

Uma mulher como presidente do MTG II – A votação que trazia como candidatas para presidente do MTG, Gilda Galeazzi e Elenir Winck, tinha um colégio eleitoral composto por 1,7 mil entidades, nem todas presentes e aptas a votar. A votação, tranquila até o momento do anúncio do resultado final, resultou em um empate de 530 votos para cada candidata. A Comissão Eleitoral do MTG declarou Elenir Winck vencedora do pleito, utilizando como critério de desempate a idade do conselheiro do Conselho Diretor integrante de cada chapa. Por este critério, Wilson Barbosa de Oliveira, de 77 anos, da chapa de Elenir sobressaía sua idade à do conselheiro Nilton Otton, 72 anos, da Chapa de Gilda. Porém, a candidata Gilda, 65 anos alegou, na justiça, que ela própria tem mais idade do que Elenir, com 62.

 

Desenrolar dos fatos I – Manhã de domingo, Congresso Tradicionalista em andamento, mesa composta para a posse da presidente do MTG e dos coordenadores regionais. O fluxo da programação é interrompido pela notificação judicial entregue por um Oficial de Justiça, suspendendo a posse da presidente, Elenir Winck. O presidente da Comissão Eleitoral, João Araújo, deu seguimento à agenda da manhã, dando posse somente aos coordenadores eleitos nas suas bases regionais.

 

Desenrolar dos fatos II – Como a justiça aceitou os argumentos de Gilda Galeazzi nos recursos por ela apresentados, o MTG ficou numa posição bastante incômoda. Com o resultado da eleição incerto, os dias que se sucederam aos fatos pitorescos, jamais imaginados, levou muita gente a consultar a Coletânea da Legislação Tradicionalista para tentar explicar melhor a interpretação dada pelo MTG.

 

Números – Em uma de suas entrevistas, Gilda Galeazzi expôs que no Rio Grande do Sul, em uma população de 10 milhões de habitantes, dois milhões são adeptos ao Movimento Tradicionalista e dentro deste número, 400 mil são jovens. Este número hoje é considerado baixo, levando-se em consideração que existem 1.729 entidades ativas em todo o Estado. Da mesma forma, Elenir Winck também mostra-se muito preocupada em trazer mais pessoas para dentro do Movimento, sugerindo inovações e mais atrativos para trazer crianças, que formam a base futura, manter os jovens e valorizar os adultos. Cada candidata vem com sua criatividade tentar manter e fortalecer o MTG. Está porém, nas mãos da Justiça o nome de quem irá trabalhar para melhorar os números no tradicionalismo.

COMENTÁRIOS

Os comentários no site não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade. Ofensas pessoais e palavras de baixo calão serão excluídas.
PUBLICIDADE
13 - Zooclínica
PUBLICIDADE
13 - Dedetização Daniel